Loja Press Videos Fotos Discografia Biografia Agenda Contatos Notícias Joao Duarte J.Duarte Design www.jduartedesign.com


Share |


O vocalista e ator Alírio Netto confirma que vai participar de um projeto em homenagem ao ídolo Michael Jackson, em Brasília, no dia 28 de junho, no Centro de Convenções Ulysses Guimarães.

O Projeto I`LL BE THERE é um trabalho coletivo de artistas de Brasília e convidados especiais em homenagem a Michael Jackson. É considerado, pelo site oficial do Homenageado, como um dos melhores espetáculos entre Cirque del Soleil e Tributo ao Rei do Pop do paulista Rodrigo Teaser. Pela qualidade no tratamento musical dos clássicos e releituras das canções de Michael Jackson, recebeu a indicação para o Prêmio Profissionais da Música 2015.

“Será uma honra cantar músicas de Michael Jackson neste projeto tão grandioso. Michael foi um artista genial e suas composições estão vivas nas mentes das pessoas até hoje. Cantar ao lado de amigos será inesquecível”, disse Alírio.

Celebrando o repertório do Rei do Pop numa grande festa estão artistas dos segmentos da música, dança e teatro. Os convidados especiais são Rodrigo Teaser, Edu Falaschi (Almah), Alírio Netto, Milton Guedes, que dividem o palco com Célia Porto, Georgia W. Alô, Rubi, Leonel Laterza entre outros nomes do cenário musical de Brasilia.

A direção musical é de Daniel Baker, direção artística de Célia Porto, realização de Ponte Studio Gravações. O projeto é anual está na sétima edição. Conta com dois formatos: Musical Infantil e Grande Tributo

Espetáculo dia 28 de junho, Centro de Convenções Ulysses Guimarães/Brasília
Duas sessões – Musical Infantil 16h/Grande Tributo 20h.

Alirio Netto tem 15 anos de experiência no mercado musical, sendo que mais de 10 anos foram dedicados ao instituto GTR, do guitarrista Marcelo Barbosa (Almah, Khallice). Outro aspecto importante da carreira de Alirio é que o ator também interpretou “Jesus” no México, no espetáculo “Jesus Cristo Super Star” (Cie México).

Além de tudo isso, o vocalista estudou na famosa faculdade de música Berklee College of Music, de Boston, Massachusetts, nos Estados Unidos. Para agendar uma aula com Alirio Netto basta entrar em contato no e-mail alirionettoagenda@gmail.com.

Veja vídeo com trajetória de Alírio Netto:
httpv://www.youtube.com/watch?v=sNq7JYuowqI

Links relacionados:
http://www.alirionetto.com/
https://www.facebook.com/alirionettoofficial
http://www.facebook.com/ageofartemis







Share |

Os fãs do Age of Artemis terão a oportunidade única de ver o vocalista Alírio Netto e o baixista Giovanni Sena em ação neste final de semana do Dia dos Namorados. Os músicos vão tocar composições do Bon Jovi e Guns N’ Roses ao lado do guitarrista Marcelo Barbosa (Almah, Khallice e HeavyPop), de Raphael Luiz C. de Lima (bateria) e Renato Gomes/Henrique Maximo (teclados) em Brasília e Goiânia.

Os eventos acontecem nos dias 11/6 no O’Rilley (Brasília), 12/6 no Santa Fé (Águas Claras) e 13/6 no Bolshoi (Goiânia). Para assistir aos espetáculos basta entrar em contato com os respectivos bares e reservar seu lugar. “Cantar clássicos do Rock com amigos é algo que sempre gostei de fazer. Serão eventos bem divertidos e gostaria que todos que admiram meu trabalho compareçam aos eventos. Será imperdível”, disse Alírio Netto.

O vocalista e ator Alírio Netto também irá realizar algumas aulas exclusivas no GTR de Brasília nos dias 11/6 e 12/6. Para maiores informações e reservas ligar para o número (61) 32457140.

Alírio Netto tem 15 anos de experiência no mercado musical, sendo que mais de 10 anos foram dedicados ao instituto GTR, do guitarrista Marcelo Barbosa (Almah, Khallice). Outro aspecto importante da carreira de Alirio é que o ator também interpretou “Jesus” no México, no espetáculo “Jesus Cristo Super Star” (Cie México). Além de tudo isso, o vocalista estudou na famosa faculdade de música Berklee College of Music, de Boston, Massachusetts, nos Estados Unidos.

Veja Alírio Netto cantando um clássico do Bon Jovi:
httpv://www.youtube.com/watch?v=beaLr9XOads

Datas Alírio Netto e Giovanni Sena:

– 11/6 no O’Rilley (Brasília)
– 12/6 no Santa Fé (Águas Claras)
– 13/6 no Bolshoi (Goiânia)







Share |

O vocalista da banda Age of Artemis, Alírio Netto, participou ao lado de Edu Falaschi (Almah, ex-Angra) no programa Combate Rock, da rádio UOL. O programa é apresentado por Marcelo Moreira e Mauricio Gaia.

O músico falou sobre a participação do Age of Artemis no festival Rock in Rio, a diferença entre os álbuns “Overcoming Limits” (2012) e “The Waking Hour” (2014), entre outros assuntos referentes a banda. Alírio Netto também comentou sua participação no Jesus Cristo Superstar, o HeavyPop e muito mais.

Edu Falaschi falou sobre as comemorações de 25 anos de carreira, o lançamento de uma coletânea acústica e com orquestra, além, é claro, sobre o tributo em vida que está sendo produzido por Tito Falaschi e será lançado em 2015. Edu também falou sobre o futuro do Almah e todos os seus projetos para os próximos anos.

Para conferir o programa clique aqui.

Segue o playlist apresentado no Combate Rock:

1 – Nova Era – Angra
2 – Believer – Almah
3 – Reasons – Khallice
4 – Breath – Almah
5 – We Rock – Dio
6 – Fool’s Overture – Supertramp
7 – Under the Sun – Age of Artemis
8 – You Take My Breath Away – Queen

O reconhecimento do talento da Age of Artemis veio já no álbum de estreia, “Overcoming Limits”, produzido por Edu Falaschi (ex-Angra, Almah). A banda ganhou destaque em grandes revistas e sites especializados e foi considerada a banda revelação de 2011. Ao assinar contrato com a gravadora japonesa King Records, a Age of Artemis invadiu o território asiático. Em 2014, lançou o seu segundo álbum, “The Waking Hour”, sendo capa da revista Rock Meeting por dois números. Além da divulgação do disco no Japão (King Records), Europa (Power Prog) e no Brasil, o álbum ganhou espaço em revistas como Roadie Crew, Whiplash e em programas de televisão como Leitura Dinâmica, da RedeTV!.







Share |

A banda Age of Artemis vem colhendo os frutos por conta da escolha do festival “Rock in Rio” para se apresentar na Rock Street, no dia 24 de setembro. Nas últimas semanas, o grupo tem aparecido em vários veículos de Brasília, tanto na TV aberta, como no rádio, tudo por causa do festival.

Os músicos Alírio Netto (vocal), Giovanni Sena (baixo), Nathan Grego (guitarra), Gabriel “T-Bone” Soto (guitarra) e Riccardo Linassi (bateria) tem se desdobrado para divulgar o nome da Age of Artemis e mostrar que o grupo vem conquistando muitos objetivos com bastante trabalho e competência.

A primeira aparição do grupo foi no jornal “Bom Dia DF”, da TV Globo, em Brasília, onde além de uma entrevista a banda apresentou trechos de um acústico inédito. Veja a matéria na TV Globo:
httpv://www.youtube.com/watch?v=iXu4hOUhNgw

Na sequência, o grupo foi destaque no programa “Papo Firme”, da rádio Federal de Brasília, que tem uma das maiores audiências da cidade. Veja a matéria no programa “Papo Firme”:
httpv://www.youtube.com/watch?v=qPAEyVsDRrQ

Os músicos Giovanni Sena e Nathan Grego também participaram do programa “Vivendo Águas Claras”, de Brasília.
httpv://www.youtube.com/watch?v=eeRRr8HefBM

Mas foi na televisão de Brasília que a banda Age of Artemis teve realmente grande destaque. Recentemente, a banda foi entrevistada no “Clube TV” com Arthur Luis, na TV Brasília. Eles também participaram do “Viva Cultura”, do Jornal de Brasília, onde foram muito elogiados pela emissora.

Veja participação no “Viva Cultura”:
httpv://www.youtube.com/watch?v=lpvs2nQix_Y

Veja Age of Artemis no “Clube TV”:
httpv://www.youtube.com/watch?v=CnZAc7eHfaA

O reconhecimento do talento da Age of Artemis veio já no álbum de estreia, “Overcoming Limits”, produzido por Edu Falaschi (ex-Angra, Almah). A banda ganhou destaque em grandes revistas e sites especializados e foi considerada a banda revelação de 2011. Ao assinar contrato com a gravadora japonesa King Records, a Age of Artemis invadiu o território asiático. Em 2014, lançou o seu segundo álbum, “The Waking Hour”, sendo capa da revista Rock Meeting por dois números. Além da divulgação do disco no Japão (King Records), Europa (Power Prog) e no Brasil, o álbum ganhou espaço em revistas como Roadie Crew, Whiplash e em programas de televisão como Leitura Dinâmica, da RedeTV!.

Line-up:
Alírio Netto (vocal)
Giovanni Sena (baixo)
Nathan Grego (guitarras)
Gabriel “T-Bone” Soto (guitarras)
Riccardo Linassi (bateria)







Share |


João Rodrigues – Especial para o Jornal de Brasília

É pelas camisas pretas, que geralmente estampam a arte dos discos de suas bandas favoritas, que reconhecemos os metaleiros. As lendárias Led Zeppelin, Deep Purple e Black Sabbath ajudaram a moldar o heavy metal, que surgiu no final da década de 60 e ganhou adeptos no Planalto Central.

Em Brasília e Goiás o gênero teve porta-vozes de peso, como a banda Volkana, formada em 1987, Asgard e Mortuário, a mais antiga representante goiana do gênero em atividade. Na capital, grupos como Age of Artemis continuam movimentando a cena. Eles se apresentarão no Rock in Rio este ano.

Mesmo sendo uma banda de metal, eles são influenciados pela música brasileira como um todo: “Desde Pixinguinha, Altamiro Carrilho e a galera do choro também. Inclusive no segundo disco, quem ouvir, vai perceber que há muitas pitadas da música brasileira, passando pelo afoxé, até o maracatu, mas tudo contextualizando com o heavy metal”, diz o vocalista Alírio Netto.

Origens

O primeiro disco do Age of Artemis, Overcoming Limits, foi lançado em 2012 e o segundo, The Waking Hour, no ano passado. A repercussão superou as expectativas da banda, já que o trabalho chegou ao Japão e à Europa, com o apoio de gravadoras internacionais.

O grupo começou tocando em São Paulo, com shows lotados. Depois, levaram seu som a várias regiões do país: “Tivemos a honra de tocar de Floripa ao Nordeste, em Fortaleza, Bahia e Recife”, enumera. “Os festivais de rock que acontecem em todo Brasil são importantes porque dão oportunidade às bandas novas.”

Netto destaca que o histórico de rock de Brasília desperta a expectativa do público quando se apresentam fora da cidade. O vocalista da banda Dynahead Caio Duarte completa: “Quando menos se espera surge toda uma nova geração de garotos querendo fazer parte do movimento, o que é muito bacana”. Para o cantor, Brasília é uma cidade diversificada, e o metal/hardcore continua sendo consumido pelo seu nicho específico, mesmo que ele não toque nas grandes rádios ou TV.

“A cena do metal em Brasília é excelente, com bandas de ótima qualidade. Quanto ao público, ainda não é muito constante, apesar de crescente”, argumenta o guitarrista da banda Degola, Waldson Farias.

Falta de espaço e divulgação na cidade

Apesar de haver fãs, o metal ainda não tem um lar específico para tocar na cidade. O estudante Yan Godinho reclama que locais estão fechando por falta de divulgação. “Se as bandas se unissem mais, a cena cresceria muito aqui em Brasília”, opina.

O Bar da Toinha, em Samambaia, é um estabelecimento referência em rock ‘n’ roll. Mas as festas para os fãs de heavy metal foram reduzidas a duas ou três por mês. Segundo o proprietário Fábio Alves, isso acontece porque há bandas que estão oferecendo shows de graça. “Se eu vendo um Fiat e começam a dar esse carro de graça, o que acontece? As pessoas param de comprar de mim”, ilustra.

Fonte: Jornal de Brasília